FANDOM


Íconedeera-Origins

Siuá é um oásis e vilarejo localizado no Egito. Foi o lar do Assassino Bayek durante os reinos dos dois últimos Faraós do Egito, Ptolemeu XIII e Cleópatra VII.

HistóriaEditar

Devido à sua localização isolada das grandes cidades e núcleos políticos do Egito, a cultura grega da Dinastia Ptolemaica não tinha muita força em Siuá, e como consequência, os seus habitantes continuavam a respeitar a ordem militar dos Medjai e considerar Bayek um herói local.

Na década de 40 ACE, os soldados ptolemaicos começaram a ter uma presença mais forte em Siuá, causando leves distúrbios à paz dos moradores. Entretanto, em 48 AEC, o oráculo Medunamun foi posto no comando de Siuá, e começou a coagir a cidade sob seu controle, confiscando armas, maltratando moradores, executando rebeldes e protestadores, queimando as casas deles e interrogando os moradores mais velhos sobre o artefato antigo do Templo.

Felizmente, Bayek retornou à sua cidade natal e ajudou os moradores a resistirem contra Medunamun, culminando no assassinato do mesmo. Após isso, Siuá tornou-se muito mais estável, e permaneceu sob os cuidados do amigo de Bayek, Hepzefa.

Habitantes notáveisEditar

MarcosEditar

ReferênciasEditar

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.

Some of the links below are affiliate links meaning, at no additional cost to you, Fandom will earn a commission if you click through and make a purchase.

Stream the best stories.

Some of the links below are affiliate links meaning, at no additional cost to you, Fandom will earn a commission if you click through and make a purchase.

Get Disney+