FANDOM


Íconedeera-Revelations

Predefinição:Spoiler a frente

Manuel Paleólogo(c. 1454-1512) foi um herdeiro do trono bizantino, no momento do colapso dos bizantinos. Após a queda do império, ele abriu mão do seu direito ao trono em troca de uma vida confortável como um cidadão Otomano.

BiografiaEditar

Manuel nasceu em 1454, dois anos após a Queda de Constantinopla, como herdeiro do trono bizantino. Ele morava com sua família em Moreia, mas eles fugiram em 1460 para Corfu. A família mais tarde, viajou para Roma, onde seu pai, Thomas Paleólogo, foi reconhecido como o Imperador Bizantino.

Mais tarde Manuel junto de seu irmão desenvolveu uma amizade com o Grande Mestre Templário, Rodrigo Borgia, na esperança de restaurar o controle bizantino de Constantinopla. No entanto, isso não deu em nada quando Rodrigo perdeu o interesse em qualquer tipo de conflito contra os otomanos.

Já no seu retorno a Constantinopla com a cidade sob o governo do Sultão Bayezid II, Manuel fez um acordo com ele, onde recebeu uma pensão em troca de seus direitos ao trono bizantino. Nessa época ele teve dois filhos, Loannes e Andreas, e vivia uma vida de luxo através da pensão recebida dos otomanos.


Em 1511, os membros sobreviventes do Império Bizantino, (que foram secretamente Cavaleiros Templários), com o objetivo de remover os otomanos do poder e ressuscitar o seu império tentavam dominar pequenas regiões, liderados por Paleólogo partiram em uma expedição até a Síria onde tomaram o controle de Masyaf e descobriram a existência dos selos e da biblioteca secreta no qual a chamavam de “Grande Templo”. Porém mesmo assim ainda não estava claro para os assassinos a ligação entre Manuel, os bizantinos e os templários.

Ainda no ano de 1511 o Grão-Mestre da Ordem dos AssassinosEzio Auditore da Firenze, descobriu a ligação entre as facções Templários/Bizantinos e que Manuel estava formando um exército em Capadócia e ainda estava negociando armas com o capitão dos Janízaros Otomanos. Em Capadócia Ezio também descobre que Manuel junto a seu tenente Shahkulu,estão iniciando o treino dos soldados com as novas armas. Após a destruição da armas, Manuel tenta fugir pelas docas da cidade, porem não consegue e luta contra Ezio, que eventualmente acaba matando Manuel; Recuperando assim a quinta chave de Masyaf

Ultimas PalavrasEditar

Em suas palavras finais, Manuel expressa seu desejo de ter sido imperador bizantino.

  • Manuel: Eu deveria ter sido o sucessor de Constantino. Eu tinha tantos planos.
  • Ezio: Seu sonho morre com você, Manuel. Seu império se foi.
  • Manuel: Ah, mas eu não sou o único com esta visão, Assassino. O sonho de nossa Ordem é universal. Otomano, Bizantino... Estes são apenas rótulos. Costumes e fachadas. Abaixo destes adornos, todos os Templários são parte da mesma família.
  • Ezio: Chega. Eu estou aqui pela chave de Masyaf.
  • Manuel: Então pegue. Pegue-a e busque a sua fortuna. Veja se você alcança dentro de cem léguas dessa biblioteca antes de um de nós te matarmos.
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.

Fandom may earn an affiliate commission on sales made from links on this page.

Stream the best stories.

Fandom may earn an affiliate commission on sales made from links on this page.

Get Disney+