FANDOM


Íconedeera-IndivíduosÍconedeera-Origins

Khemu (década de 50 AEC - 49 AEC) foi o filho de Bayek e Aya.

BiografiaEditar

Khemu foi concebido enquanto seus pais estavam no deserto, com o pai de Bayek, Sabu, se escondendo de Bion, um mercenário contratado por entidades desconhecidas para exterminar os Medjai, uma antiga ordem militar egípcia cujos membros incluíam Sabu e futuramente Bayek. A gravidez de Aya fez o mercenário hesitar, dando Bayek o tempo de matá-lo. Logo depois, ele pediu Aya em casamento, e ela aceitou.

Muito amado pelos seus pais, Khemu foi sendo ensinado por Bayek a usar um arco para caçar animais menores como íbex e gazelas. Ele também tornou-se um amigo de Chenzira e Fenuku, outras duas crianças do vilarejo. Um certo dia, Bayek levou Khemu ao círculo de pedras de Ámon, onde era possível ver uma constelação do deus, e Khemu disse que algum dia, iria encontrar todas as constelações no Egito.

Morte de Khemu

A morte de Khemu.

Em 49 AEC, enquanto Bayek estava treinando Khemu na caça, eles foram surpreendidos por um grupo de soldados ptolemaicos, que imobilizaram Bayek e levaram os dois à uma misteriosa câmara abaixo do Templo de Ámon no vilarejo. Lá, Bayek foi interrogado por um grupo de indivíduos mascarados, que ameaçaram separar ele de Khemu se ele não cooperasse. Quando eles foram interrompidos pela chegada de Ptolemeu XIII, Khemu conseguiu furtar uma adaga de um dos membros da Ordem e dá-la ao seu pai, que tentou reagir contra eles, mas um dos mascarados desarmou Bayek e usou a faca para executar Khemu cruelmente.

Personalidade e característicasEditar

Khemu, sendo ainda um menino pequeno, era inocente e ingênuo, sonhando de tornar-se um grande Medjai e salvar todos os inocentes egípcios do perigo e corrupção. No entanto, ele mostrava um certo medo quando enfrentando tarefas frenéticas ou incomuns, como visitar um covil de hiena, pular de uma altura alta em um corpo d'água, ou voltar dos bosques para casa sozinho. Bayek havia dito que ele também era assim quando pequeno. Mesmo assim, momentos antes de sua triste morte, Khemu conseguiu ter a coragem de furtar uma adaga despercebido, mas isso foi em vão no final.

Aparições em memóriasEditar

CuriosidadesEditar

ReferênciasEditar

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.