FANDOM


Íconedeera-IndivíduosÍconedeera-Origins

"As pessoas vão continuar sofrendo se não agirmos."
―Hotephres[src]

Hotephres (c. 84 AEC - desconhecido) foi um oficial administrativo grego da região de Faium no Egito, um informante de Apolodoro e uma figura proeminante na luta contra a corrupção na região. Ele vivia com sua esposa Khenut e filha Shadya na vila de Euhemeria e tinha uma propriedade na Filadélfia, e colaborou com Bayek em 48 AEC para derrubar a influência sombria do indivíduo conhecido como O Crocodilo sobre Faium e seus habitantes.

BiografiaEditar

Um grego vindo de uma família de classe média alta em Faium, Hotephres era o dono de uma fazenda significativamente grande na vila da Filadélfia, onde era conhecido por ser justo e piedoso com seus empregados egípcios, e vivia com sua esposa Khenut e filha pequena Shadya na vila de Euhemeria. Algum tempo antes de 48 AEC, Hotephres e Khenut tornaram-se dois oficiais administrativos de Faium e ficaram conhecidos por serem muito mais honestos, piedosos e justos que os outros no mesmo cargo. Isso fez com que o governo corrupto ficasse de olho na família dele.

Nos anos ao redor de 48 AEC, a opressão e brutalidade em Faium estavam maiores do que nunca, e Hotephres decidiu que tentar melhorar a situação através de políticas não iria adiantar, e começou a ativamente coletar evidências e extorsão dos oficiais corruptos, financiar grupos rebeldes e combater seus compatriotas brutais. No processo, ele descobriu que um membro da Ordem dos Anciões conhecido simplesmente como O Crocodilo estava por trás de tudo de ruim na região, e tornou-se um informante de Apolodoro, um aliado de Cleópatra que também buscava eliminar a Ordem.

Em 48 AEC, Hotephres havia sido declarado um homem procurado pelas autoridades, e por isso teve que se afastar de sua família e fugir pela região norte de Faium para garantir a segurança deles e de sua própria vida. Ele foi contatado por Bayek, um aliado de Apolodoro que buscava acabar com a influência do Crocodilo sobre Faium, e passou informações sobre várias atividades ilícitas que ele acreditava estarem ligadas ao Crocodilo, além de mandá-lo falar com Khenut para mais informações. Khenut, que possuía um registro da corrupção de Faium, sofreu uma perda enorme quando, mesmo com a ajuda de Bayek, foi sequestrada pelos soldados do Crocodilo, teve o registro roubado e Shadya afundada no Lago Moeris.

A tragédia de Shadya fez Khenut entrar em estado de choque e Hotephres ficar em uma profunda e incapacitante depressão, o que prejudicou sua luta pela liberdade de Faium. Entretanto, após Bayek retornar de Crocodilópolis tendo matado o Crocodilo, ele e Khenut reganharam suas esperanças, mesmo com certas dificuldades em passar para a frente, e motivaram o povo egípcio a se revoltar contra as autoridades corruptas, culminando no cerco do Forte de Bubástis e a eliminação do comandante responsável por muito do sofrimento local. Com isso feito, Hotephres e Khenut tinham tudo que precisavam para fazer Faium um lugar melhor, e se despediram de Bayek para honrar a memória de Shadya e salvar muitas vidas no futuro.

Personalidade e característicasEditar

Hotephres era um homem muito honesto e corajoso, tendo arriscado sua vida conscientemente ao decidir lutar pelo bem de todos em Faium, mesmo que ele não precisasse fazer isso, devido à sua riqueza considerável em relação ao povo. Ele até conseguiu fazer isso por bastante tempo sem ser identificado ou pego pelas autoridades corruptas, mas no final teve que fugir e ficar constantemente movendo-se para não ser pego. Muitos dos atos rebeldes foram estimulados ou financiados por Hotephres, e ele teve uma parte importante na libertação de Faium das garras brutais da Ordem.

Após a tragédia de Shadya, ele ficou claramente bem mais fraco, indisposto e desmotivado do que antes, e parou sua luta pela liberdade por algum tempo para poder ficar de luto. Se não fosse por Bayek, que lhe mostrou que a morte do Crocodilo não faria toda a corrupção desaparecer de Faium, talvez Hotephres tivesse se perdido na bebida e depressão pelo resto de sua vida, algo que seria catastrófico para a resistência egípcia.

Aparições em memóriasEditar

CuriosidadesEditar

  • Diferente dos outros dois informantes, Harkuf e Mered, Hotephres aparece em mais de uma memória e é significativamente mais pessoalmente explorado que eles.

ReferênciasEditar

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.

Some of the links below are affiliate links meaning, at no additional cost to you, Fandom will earn a commission if you click through and make a purchase.

Stream the best stories.

Some of the links below are affiliate links meaning, at no additional cost to you, Fandom will earn a commission if you click through and make a purchase.

Get Disney+