FANDOM


Íconedeera-IndivíduosÍconedeera-Origins

Harkhuf

Harkhuf.

"O último homem que perguntou sobre o Escaravelho foi espancado até quase morrer, e cortaram sua língua."
―Harkuf falando sobre a influência do Escaravelho.[src]

Harkuf foi um cervejeiro egípcio que morava na vila de Saís durante os últimos anos da Dinastia Ptolemaica. Ele também era um dos muitos informantes de Apolodoro, juntando informações sobre O Escaravelho por causa da influência sombria dele sobre a região.

Em 48 AEC, Bayek contatou Harkuf para descobrir informações sobre as atividades do Escaravelho. Harkuf passou para ele uma lista de negócios ilícitos relacionados a Sefetu, o comandante do Forte de Nikiou e o mestre de impostos, que ele suspeitava ser subordinado ao Escaravelho. Bayek diminuiu a influência de Sefetu na vila, resgatou a guerreira Jeska e protegeu o comerciante rebelde Zervos. Ele resgatou Ghupa, que o direcionou a Letópolis.

Infelizmente, os soldados de Sefetu descobriram o que Harkuf estava fazendo, e o prenderam no forte. Antes de partir para Letópolis, Bayek infiltrou-se no forte, assassinou Sefetu e libertou Harkuf, que ficou muito grato ao Medjai. Após a morte de Sefetu e logo em seguida do Escaravelho, Harkuf e os outros em Saís trabalharam para restaurar a estabilidade ao vilarejo.

Personalidade e característicasEditar

Harkuf era um homem do povo que estava arriscando sua vida ao reunir informações contra o Escaravelho e entregar para Apolodoro, o que até causou a breve captura dele. No entanto, ele parecia não hesitar ao fazer isso, tendo estado muito insatisfeito e revoltado com a situação brutal de Saís e Saú.

Aparições em memóriasEditar

Principais:

Secundárias:

ReferênciasEditar

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.

Fandom may earn an affiliate commission on sales made from links on this page.

Stream the best stories.

Fandom may earn an affiliate commission on sales made from links on this page.

Get Disney+