FANDOM


Íconedeera-IndivíduosÍconedeera-Origins

Harkhuf

Harkhuf.

"O último homem que perguntou sobre o Escaravelho foi espancado até quase morrer, e cortaram sua língua."
―Harkuf falando sobre a influência do Escaravelho.[src]

Harkuf foi um cervejeiro egípcio que morava na vila de Saís durante os últimos anos da Dinastia Ptolemaica. Ele também era um dos muitos informantes de Apolodoro, juntando informações sobre O Escaravelho por causa da influência sombria dele sobre a região.

Em 48 AEC, Bayek contatou Harkuf para descobrir informações sobre as atividades do Escaravelho. Harkuf passou para ele uma lista de negócios ilícitos relacionados a Sefetu, o comandante do Forte de Nikiou e o mestre de impostos, que ele suspeitava ser subordinado ao Escaravelho. Bayek diminuiu a influência de Sefetu na vila, resgatou a guerreira Jeska e protegeu o comerciante rebelde Zervos. Ele resgatou Ghupa, que o direcionou a Letópolis.

Infelizmente, os soldados de Sefetu descobriram o que Harkuf estava fazendo, e o prenderam no forte. Antes de partir para Letópolis, Bayek infiltrou-se no forte, assassinou Sefetu e libertou Harkuf, que ficou muito grato ao Medjai. Após a morte de Sefetu e logo em seguida do Escaravelho, Harkuf e os outros em Saís trabalharam para restaurar a estabilidade ao vilarejo.

Personalidade e característicasEditar

Harkuf era um homem do povo que estava arriscando sua vida ao reunir informações contra o Escaravelho e entregar para Apolodoro, o que até causou a breve captura dele. No entanto, ele parecia não hesitar ao fazer isso, tendo estado muito insatisfeito e revoltado com a situação brutal de Saís e Saú.

Aparições em memóriasEditar

Principais:

Secundárias:

ReferênciasEditar

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.