Assassin's Creed Wiki
Advertisement
Assassin's Creed Wiki

A Guerra Civil Inglesa foi uma série de conflitos lutados entre os apoiantes do Rei Charles I e o Parlamento,

A222

que disputaram o grau de controle que o outro grupo havia que ter sobre o país.

Após dois períodos de conflito, Charles I foi executado em 1649, e a Inglaterra se tornou uma repúblic governada por um Parlamento. Seu filho Charles II retornou de seu exílio na República Holandesa e reuniu um exército da Escócia, País de Gales e Gloucestershire. Ele perdeu a guerra na Batalha de Worcester, onde a maior força de Oliver Cromwell derrotou os Realistas. Charles escapou através do Portão de São Martim depois de Earl de Cleveland liderar uma força de cavalaria diversionista.

Resultados[]

Charles II evitou os Cabeças Redondas e eventualmente escapou para a França de barco. Ele viveu a maioria de seu exílio em Breda.

No meio-tempo, um grupo Cavaleiro começou a debilitar o controle de Cromwell com o General George Monck, enquanto enviavam carta portando um selo não familiar para manter Charles II informado.

Cromwell dissolveu o Parlamento em 1653, e foi logo convidado para ser apontado Lorde Protetor da Inglaterra, Escócia e Irlanda. Sete anos depois, o contato de Charles o informou que o usurpador estava morto, e que o filho de Cormwell logo iria abdicar.

No subsequente caos, Monck tomou controle de Londres, e escreveu para Charles que o Parlamento iria restaurá-lo ao trono se ele garantisse anistia aos inimigos de seu pai. Isto ele fez, e ele retornou para a Inglaterra, onde ele desfez as políticas Puritanas de Cromwell, incluindo a restoração das celebrações de Natal tradicionais.

Durante a coroação na Abadia Westminster, Charles percebeu Monck falando com um homem segurando uma Maçã do Éden, mas teve que se curvar para receber a coroa antes de ele ver algo mais.

Advertisement