FANDOM


Íconedeera-IndivíduosÍconedeera-UnityÍconedeera-Templários

Cadeia Alimentar 2

Flavigny (direita) com Marie Lévesque (esquerda)

Madame Flavigny (desconhecido - verão de 1792) foi uma comerciante local francesa e uma agente do Rito Parisiense da Ordem dos Templários.

BiografiaEditar

Revoltas pela comidaEditar

Flavigny juntou-se aos Templários em algum ponto de sua vida e eventualmente alcançou uma posição elevada na Ordem. Durante a Revolução Francesa, ela induziu diversos homens para a Ordem nas catacumbas de Paris. Sem a sabedoria dela, o espião aliado aos Jacobinos, Didier Paton, descobriu a cerimonia e consequentemente, a existência dos Templários.

Flavigny colaborou com Marie Lévesque, uma das tenentes de François-Thomas Germain, líder da facção radical dominante da Ordem, para causar revoltas, protestos e tumultos em Paris por comida, pão e grão. Flavigny e seus subordinados atacaram os carregamentos de comida destinados a cidade e então os plantavam nas residências de mercadores de alimentos, os incriminando de acumular comida e causando revoltas pela população faminta.

O trabalho de Flavigny e Lévesque fez Paris ficar caótica e contribuiu para que a Revolução ficasse mais violenta e brutal, com tumultos e revoltas por comida ocorrendo por toda a cidade e principalmente, nos mercados de Les Halles, onde Flavigny tinha uma loja de vestidos que servia como seu quartel-general para suas atividades Templárias.

O desaparecimento misterioso dos carregamentos atraiu a atenção de diversas pessoas, entre elas Théroigne de Méricourt e os Assassinos.

MorteEditar

Flavigny e um subordinado então emboscaram novamente outra carroça de comida durante o verão de 1792, matando os guardas e o cocheiro e então levando o carregamento para um fortificado complexo residencial dominado por agentes Templários. Théroigne de Méricourt estava rastreando Flavigny e conseguiu entrar na carroça discretamente.

Flavigny e seus capangas descobriram Méricourt entretanto, e prenderam ela no complexo onde os carregamentos estavam sendo mantidos. Os Assassinos enviaram Arno Dorian e três outros Assassinos para salvar Méricourt e parar os ataques aos carregamentos de comida. Méricourt foi salva, e eles acharam e liberaram os carregamentos roubados de comida pela cidade.

Dessatisfeita com as ações de Arno e Méricourt, Flavigny então começou a iniciar revoltas por conta própria junto com seus três tenentes. Dois de seus subordinados se prepararam para iniciar uma revolta no mercado de Les Halles, mas Arno os rastreou e os eliminou.

Flavigny se refugiou com seu último subordinado em sua loja, mas Arno a encontrou e então acabou com a vida dela e do subordinado dela. Mesmo com a morte de Flavigny, o objetivo dos Templários de causar tumulto e violência em Paris foi completo e a Revolução ficou ainda mais brutal.

ReferênciaEditar

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.

Fandom may earn an affiliate commission on sales made from links on this page.

Stream the best stories.

Fandom may earn an affiliate commission on sales made from links on this page.

Get Disney+