FANDOM


Íconedeera-IndivíduosÍconedeera-BrotherhoodÍconedeera-RevelationsÍconedeera-AC3Íconedeera-RogueÍconedeera-A QuedaÍconedeera-A CorrenteEra-ACiÍconedeera-AssassinosÍconedeera-AbstergoÍconedeera-TempláriosÍconedeera-emdestaque

"It feels like there's something coiled like a snake deep inside of me, and it's waiting to get out..."
―Daniel Cross, 1998.[src]

Daniel Cross (Daniel Cruz, em português; 1974 – 2012) foi um membro da Ordem dos Templários, e um agente dormente encarregado da infiltração da Irmandade dos Assassinos, a fim de assassinar seu Mentor. Um ex-presidiário e viciado em drogas e álcool em recuperação, Daniel era o neto de Innokenti Orelov, e o bisneto de Nikolai Orelov, um membro proeminente da Irmandade dos Assassinos russa.

BiografiaEditar

Primeiros passosEditar

Daniel cros

Quando criança, ele era uma cobaia, mais especificamente o Subject 4, das Industrias Abstergo no qual foi colocado no animus por um longo tempo, e sendo alimentado por uma espécie de cordão umbilical e viu as memórias de seu antepassado Nikolai. Também foi colocado algo em sua cabeça, o programaram para que se infiltrasse nos assassinos, como ja estava destinado por sua linhagem sanguinea, e desse suas localizações para os templários.

Logo após isso ele é jogado na rua, e é encontrado por um casal de fazendeiros. Tempos depois ele se torna um viciado e um criminoso, pois suas visões o deixavam violento, chegando, segundo o que a história aparentou, a matar sua namorada. Assim o tribunal lhe ordenou um psiquiatra que lhe receita remédios mas logo depois Daniel joga a receita no lixo.

Na AdolescênciaEditar

Ele vai para um bar onde bebe, e começam a ver as alucinações, ele vomita e as tem. Quando terminam ele ainda está nervoso, e começa a gritar com um homem dizendo que é um templário, até que Hannah Mueller o impede de matar o homem, e o leva para um acampamento.

No dia seguinte, Daniel acorda e vê Hannah, ela faz algumas perguntas para Daniel, e o leva para fora do chalé. Pouco depois Hannah leva ele ate Bellamy, o lider do acampamento dos assassinos, e o faz perguntas, e então ele começa a reviver memórias outra vez.

Descoberta dos AssassinosEditar

Mais tarde, Hannah vai levar comida para Daniel, mas quando entra em seu quarto ela o encontra todo destruido e ele pedindo e lamentando, pois ele precisa ir ao seu apartamento para pegar seus remédios. Apesar de recuar um pouco ela concorda em ajudá-lo a chegar ao seu apartamento.

Chegando lá, eles encontram o remédio, só que o frasco está vazio. Hannah tenta confortá-lo dizendo sobre como os assassinos trabalham, e como poderiam ajudar ele. Diz também sobre política, como estavam envolvidos e como queriam que o "cara deles" ganhasse.

Logo depois Daniel tem algumas visões e faz um desenho na janela, Hannah o reconhece, mas antes que pudessem voltar Bellamy, ele entra no quarto, dizendo que Bill Miles descobriu que ele era descendente de outros assassinos. Logo depois Daniel volta a ter as visões e sai correndo pelos telhados, Bellamy e Hannah correm atrás dele, mas ele conseguia ser mais rápido, ainda mais com as visões na sua cabeça, e com
Img005

Daniel desenhando na janela.

as habilidades de seu ancestral o ajudando. Pulando de telhado em telhado eles o seguem, até que no final Daniel quase desmaia e diz a Hannah que sabe o que tinha que fazer, encontrar o mentor.

Depois Daniel tirou os pircens e viajou pelo mundo para os esconderijos dos Assassinos para procurar O mentor depois ele conversa com Hannah, ela diz que está meio incomodada por quê nunca viu O mentor, Daniel responde que talvez ele esteja o testando e é bom continuar depois de uma boa noite de sono.

Ele estava no banheiro lavando o rosto quando apareceram dois sequestradores mascarados, eles o tentaram sufocá-lo ele segurou um dos sequestradores pelo pescoço e de surpresa, o outro sequestrador usou uma seringa e acertou no pescoço do Daniel e desmaiou com uma visão de seu ancestral, Nikolai Orlov

O Encontro com O mentorEditar

Daniel acorda em um sofá sendo lambido por um cachorro na cabeça, uma pessoa estava em pé na sua frente
Img006

Da esquerda para a direita: O mentor, Daniel Cross, Iltani, Ezio Auditore

Daniel pergunta onde ele estáva, a pessoa diz que estava em Dubai. Daniel senta e descobre que era O mentor que ele tanto procurava. O mentor diz para ele chegar mais perto O mentor diz que "Perdoe o procedimento irregular de reunião. Na minha posição, cuidado nunca é demais." e também diz para Daniel relaxar e para contar de cem a um em Russo.

Quando ele termina de ter outra visão, O mentor diz que "As vidas de nossos ancestrais estão escritas no nosso Dna, como um livro" e leva Daniel para uma outra sala, passando por uma sala que tem duas estatuas de dois grandes assassinos. Eles chegaram a uma sala que poderia ser a bibiotéca do O mentor. Ele abriu um livro que poderia se chamar "A Determinação do Universo" de K. E. Tsiolkovsky. Depois ele abriu um armário e pegou sua Hidden Blade e a deu para o Daniel.

23

Daniel se jogando da janela do O mentor

Ele viu toda sua vida desde Sujeito 4 pela Abstergo Industries até sua adolecência no acampamento dos assassinos. Ele sabia o que tinha que fazer. matar O mentor. Daniel tiroa a lamina da sua novíssima Hidden Blade e cortou a garganta do O mentor, ele caiu no chão, Daniel ficou muito assustado sem saber o que tinha que fazer, Daniel pulou pela janela. E então quando tocou na água ele entrou numa "Visão".

Encontro com DesmondEditar

O primeiro encontro de Cross e Desmond foi em um escritório em Manhattan, quando Desmond pega a 2° bateria da Primeira civilização.Nisso Cross obriga Desmond com uma pistola na mão a entregar a bateria mas o mesmo o desarma e foge do prédio.

Dias depois os dois se reencontram em um estádio de MMA em São Paulo, quando Cross mata um milionário e sua mulher que tinham posse da 3° bateria, quando vê Desmond ele corre em direção ao fundo do estádio no qual é surrado por Desmond e tem a bateria roubada.

MorteEditar

O último encontro deles foi na Itália, na Abstergo Industries quando Desmond foi salvar seu pai feito de refém por Warren Vidic na esperança de obter a Maça do Eden .Em sua busca Desmond esbarrou com Daniel, encurralado e apenas com uma Lâmina Oculta estava preste a morre quando Cross tem um efeito de sangramento e sai correndo, vendo a chance Desmond Persegue Daniel quando chega perto dele o esfaqueia com sua Lâmina Oculta.

Suas InformaçõesEditar

Daniel, sem saber onde ir por ele ter matado O Mentor ele não poderia voltar a nenhum dos acampamento dos Assassinos então ele foi para a Abstergo Industries e entrou em um tipo de Animus. Depois ele ajudou a entrar em esconderijos dos assassinos sendo obrigado a falar.

CuriosidadesEditar

  • Quando Daniel mata O Mentor, ele volta pela mesma estrada onde ele passou quando criança.
  • Seu primeiro nome "Daniel" significa "Sentença de Deus" ou "Juízo de Deus em hebraico.
  • Daniel tem uma tatuagem que é o símbolo dos Assassinos em seu antebraço direito, que ele alegou ter obtido porque "só achei um lance maneiro e... meio que pareceu certo.." diz Daniel.
  • Em Assassin's Creed: Revelations nos dados da Abstergo do Multiplayer Daniel está no arquivo "Fille. 0.11b \ Prj_Subject04" e "File. 0.17 \ Ins_Inner Sanctum"
  • Daniel é um dos Cinco? assassinos que mudaram de lado. As outras pessoas são:Al Mualim, Haras, Haytham Kenway, Shay Cormac e Lucy? e o Daniel. No entanto, Daniel foi o único deles que havia se juntado aos Assassinos sem saber que ele era um Templário.
  • Em Assassin'S Creed III ele é morto por Desmond Miles quando este ataca a sede das Indústrias Abstergo para salvar William Miles.

ReferênciasEditar

LogobrancodoAnimus Uma galeria de imagens está disponível para
Daniel Cross

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.

Fandom may earn an affiliate commission on sales made from links on this page.

Stream the best stories.

Fandom may earn an affiliate commission on sales made from links on this page.

Get Disney+