FANDOM


Dispositivo criado pelos Isu para interagir com outras Peças do Éden específicas: o Koh-i-Noor, diamente; e o Manuscrito Voynich. Sua função é projetar um holograma do mundo, que mostra a localização de Peças do Éden e Templos Precursores ao redor do mundo.

Outra habilidade da Caixa, quando próxima a um Cajado do Éden, é despertar lembranças de uma pessoa em outra. Isso é mostrado em Assassin's Creed Chronicles Russia, quando, em 1918, Anastasia Nikolaevna da Rússia acabou com as memórias de Shao Jun, ao se aproximar de Nikolai Orelov, que possuía um fragmento do Cetro Imperial.

História

A primeira - talvez a única - Caixa Precursora que vemos é a que Ezio Auditore (1459-1524) dá a Shao Jun (1505-1567). Antes de ela partir da Itália, Ezio diz que ela só deveria abri-la se perdesse o caminho.

Quando voltou à China, Jun utilizou a caixa para atrair Gao Feng , um dos Oito Tigres para ela. Ela o matou, mas a caixa estaav na posse Yu Dayong . Eventualmente Jun recuperou a caixa, assassinando Yu. Shao Jun confiou a Caixa ao seu Mentor, Wang Yangming, que a levou para que alguém os ajudasse a estudar a caixa. No entanto, antes que ele pudesse fazer isso, Zhang Yong o matou e levou a Caixa para os Templários, finalmente mandando-a para fora da China para outros Templários.

(CONTINUAREI QUANDO TIVER TEMPO)

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.