FANDOM


Insignia 3
Os Assassinos egípcios eram da Irmandade de Assassinos localizados no Egito, um das poucas Irmandades que existiu por mais de mil anos.

HistóriaEditar

Em 12 de Agosto do ano 30 a.C., o egípcio Assassino Amunet infiltrado no palácio da rainha egípcia Cleópatra, e matou-a com um veneno. Em 1257, Darim Ibn-La'Ahad, o filho do Mentor dos Assassinos levantinos, Altaïr Ibn-La'Ahad, mudou-se para Alexandria após os assassinos do Levante foram extintos. Darim juntou a viúva de seu irmão falecido e suas crianças, o que levou à sua integração na linhagem dos Assassinos egípcios. Por volta de 1511, os Assassinos egípcios estavam sob a liderança de seu Mentor Iskender, descendente de Altaïr Ibn-La'Ahad. Ele foi capturado para ser executado naquele ano, mas foi salvo por assassinos otomanos enviados de Constantinopla pelo Mentor dos Assassinos italianos, Ezio Auditore da Firenze.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.